Gráficos

DÍVIDA INTERNA


grafico_evolucao_da_divida_interna_agosto_2009

Fontes:

  • IPEA – O site não permite links secundários (sabe lá por que). Para acessar então a planilha da série histórica da dívida externa, clique na aba “Macroeconomico”, em seguida em “Índices Analíticos” e finalmente em “Dívida líquida do setor público”.
  • Tesouro Nacional
  • Banco Central
  • Auditoria Cidadã da Dívida

—————————————————————


DÍVIDA EXTERNA

grafico_evolucao_Divida_externa_agosto_2009-2

Fontes:

  • IPEA – O site não permite links secundários (sabe lá por que). Para acessar então a planilha da série histórica da dívida externa, clique na aba “Macroeconomico”, em seguida em “Índices Analíticos” e finalmente em “Dívida líquida do setor público”.
  • Tesouro Nacional
  • Banco Central (versão 1)
  • Banco Central (versões 2 e 3) – O link se refere a janeiro de 2009. Encontrei este link no site da Auditoria Cidadã da Dívida. Procurei no site do BC o link para a planilha mais recente, mas não encontrei. Enviei um email ao BC solicitando informações onde buscar as últimas planilhas, mas nem eles souberam informar. Portanto os dados referentes a agosto 2009 peguei no site do Valor Econômico. Notem, no entanto, que a planilha é baixada diretamente do site do BC. As informações do gráfico constam na aba 49. Para ver a resposta do BC, confira os comentários do artigo 7 desta série.
  • Banco Central (versão 4) – Página 14. Obs.: Finalmente encontramos este arquivo no site do BC, pois na pesquisa do artigo, tais dados foram coletados no site da USP.

————————————————————–

COTAÇÃO DO DÓLAR


evolucao_do_dolar

   
  1. Paulo
    outubro 29, 2009 às 11:16 pm

    Amilton, veja se está correto:
    Crescimento da Divida Interna (Ipea única fonte período completo):
    FHC 505% (658,6/108,8)
    Lula 137% (1562/658,6)

    Divida Externa: Seria conveniente fazer o comparativo de forma coerente:
    Divida Bruta x Dívida Bruta, Divida Líquida x Dívida Líquida, Reservas x Reservas

    Cotação do Dólar:
    . Voce esqueceu a crise cambial brasileira em 1999 (a mais importante para nós)
    . Crise Lula? Crise criada pela direita espalhando pânico sobre o que o Lula poderia fazer de ruim para o capital estrangeiro. A consequência o próprio gráfico mostra.
    . Crise Financeira, seria interessante ressalvar que é Global com origem nos USA, ao contrário da crise cambial de 99 que foi gerada pela política cambial suicída do Brasil.

    • outubro 30, 2009 às 10:25 am

      Paulo,

      A dívida líquida é a dívida que o Governo divulga. Isto sim é manipulação, pois está mascarada com a abundância de dólares existente hoje no mercado. O que tenho mostrado aqui é justamente a dívida bruta que o Governo evita falar. O problema é que esta liquidez de dólares pode virar pó a qualquer momento, enquanto que a dívida bruta continua lá com prazos de vencimentos e juros consumindo nossos recursos.

      Quanto às reservas já publiquei um post (o segundo da série) sobre o assunto. Sua evolução é uma conseqüência natural do processo de desenvolvimento do país. Tem muito pouco a ver com o Governo, a não ser a necessidade que hoje o BC tem de comprar dólares para evitar a quebra da indústria nacional. Comparar as reservas de hoje com as do passado é mais uma manipulação do Governo. Claro que as de hoje são maiores. Aliás, têm a obrigação de serem maiores. Faz parte do curso natural da história, o desenvolvimento.

      Quanto a “Crise Lula”, não seja inocente. Os acionistas são pessoas bem informadas, muito mais que eu e vc, não se deixam levar por propaganda política. Se o mercado ficou nervoso com a possibilidade de Lula assumir foi por sua postura irresponsável durante todo o tempo em que foi oposição. Lembre que o mercado só se acalmou quando o então candidato assinou a famosa “carta” ao mercado. Jogar a culpa para a oposição é mais uma falácia do PT, na qual Lula aparece como o santo e os demais como os diabos.

      Em relação aos percentuais que vc citou, sugiro que leia o post do próximo sábado. Vc vai ver que 85% do processo de endividamento da era FHC foi decorrente de problemas herdados do passado que vieram a tona com a queda da inflação. Ou seja, não podiam ser evitados, bem diferente da crescente dívida do Governo atual.

      Com relação a crise de 1999, esta foi decorrente de uma série de fatores (não apenas pela valorização do Real), entre as quais a sucessão de crises entre os emergentes. Como sempre, falar de fora é fácil. Gostaria de ver o PT pegar aquele Brasil de 1998, já em plena crise asiática. Pode ter certeza que vc hoje não estaria idolatrando seu ídolo. Aliás, certamente hoje ele não seria presidente.

  2. marcos moraes
    janeiro 5, 2010 às 2:15 pm

    Tô impressionado!

    Beleza!

    MAM

  1. outubro 17, 2009 às 9:19 am
  2. outubro 9, 2010 às 10:33 pm

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: